Mineradores chineses estão criando alternativas para fugir da perseguição do governo

O governo chinês está controlando o consumo de energia do país durante a crise do coronavírus. A população da China é a maior do mundo e está tendo problemas com o fornecimento de energia. Por esse motivo, algumas regiões do país estão combatendo a mineração de criptomoedas.

A mineração não é proibida na China, porém o momento não favorece a atividade. Apesar do custo da energia no país ser baixo, e por isso tem a concentração da maior parte dessa atividade no mundo, o consumo é bastante alto.

Como resposta a esse tipo de censura os mineradores estão usando a criatividade para esconder seus equipamentos.

Recentemente duas operações da polícia desmantelaram fazendas de mineração que estavam roubando energia. As autoridades notaram um consumo de energia excessivo em um canil e em um cemitério. Ao prosseguir com uma investigação encontraram instalações de mineração de bitcoin subterrâneas.

No cemitério foram encontras passagens secretas, ar condicionado e computadores embaixo de supostas covas. Já no canil, as instalações estavam embaixo de gaiolas onde os animais ficavam.

As regiões onde as mineradoras estão sendo impedidas de manter suas atividades são responsáveis por 10% da taxa de hashs mundial. Caso elas parem completamente, pode ter um impacto grande no mercado todo de Bitcoin.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre nós

O Tudo Sobre Cripto é uma iniciativa para trazer mais informações, novidades e conteúdo a respeito do mundo das moedas digitais. O TSC é o lugar certo para quem está buscando aprender sobre esse mercado e quer se manter atualizado.

Siga-nos no instagram

tudo sobre crypto
Seguidores
Posts
Uma empresa do Grupo Genyus
%d blogueiros gostam disto: