Bitcoin: de protesto a salva vidas

O Bitcoin surgiu como uma forma de protesto contra a centralização do mercado financeiro na mão dos governos. Uma moeda digital, pública e descentralizada é mais prática, livre e segura.
O resultado que temos acompanhado é da aplicação prática que a população de países em crise ou em conflito com seus governos estão usufruindo.
No Líbano, por exemplo, o governo limitou o acesso aos bancos e o Banco Central Libanês alertou um “risco de colapso financeiro”. Essa foi a resposta que o governo libanês deu aos protestos contra corrupção no país. O resultado foi que a população começou a buscar as criptomoedas como refúgio financeiro, e isso tira o controle da mãos do poder executivo.
Na Venezuela, a inflação é altíssima e já podem ser vistos exemplos de pessoas que guardaram suas reservas em bitcoin para gastos futuros iminentes, assim seu dinheiro continuaria tendo poder de compra, o que não seria possível se tivessem guardado em Bolívares Venezuelanos (moeda local). Em um cenário mundial, onde diversos países estão em crise e revoluções populares começam a se alastrar, veremos cada vez mais como criptomoedas podem ser a estrutura que irá manter as populações erguidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre nós

O Tudo Sobre Cripto é uma iniciativa para trazer mais informações, novidades e conteúdo a respeito do mundo das moedas digitais. O TSC é o lugar certo para quem está buscando aprender sobre esse mercado e quer se manter atualizado.

Siga-nos no instagram

tudo sobre crypto
Seguidores
Posts
Uma empresa do Grupo Genyus
%d blogueiros gostam disto: